Google Website Translator Gadget

terça-feira, 18 de janeiro de 2011

“O Mendigo, o Imperador e Suas Palavras” no Teatro do Sesi

Eu sou chato, mas dessa vez eu me superei. Peço desculpas a Altamir Furlane e Everaldo Nascimento pela persistência de ficar torrando a paciência deles para disponibilizarem esse material, mas sinceramente valeu a pena.

A peça demorará para entrar em cartaz, mas seria um absurdo eu não divulgá-la agora e – lógico – próximo da estreia.

O trabalho que esses dois desenvolveram juntos é baseado no livro infanto-juvenil do genial dramaturgo Bertold Brecht (1898-1956), “”O Mendigo ou o Cachorro Morto”, escrito em 1919. O trabalho deles é dividido com outras mentes, mas eles são os principais nessa empreitada. A produção é da Tibicuera Produções e eles tocaram a peça graças ao Incentivo da Lei Chico Prego, da Prefeitura Municipal da Serra-ES. Bem, para que falar mais, dexo-os com “O Mendigo, o Imperador e Suas Palvras”, de Everaldo Nascimento e Altamir Furlane, que estreia em 19/02/2011 (sábado), as 20h00, no Teatro do Sesi, em Jardim da Penha, em Vitoria/ES.

Fly Mendigo e Imperador 001a “O Mendigo, o Imperador e suas Palavras” é uma adaptação livre, baseada e inspirada no texto didático infanto-juvenil do dramaturgo alemão “Bertold Brecht (1898-1956): “O Mendigo ou O Cachorro Morto” (1919).

“A vida é a arte do encontro, embora haja tantos desencontros.” (Vinicius de Moraes); Essa é uma das definições para essa encenação.

O Mendigo e o Imperador 029O Mendigo e o Imperador 026 O encontro de dois personagens, no velório das palavras “Ordem e Progresso” e “Trabalha e Confia”, que aparentemente parecemestar mortos no dia a dia das pessoas. O Imperador prepotente e feliz por ter derrotado um adversário e o Mendigo que está sofrendo com a morte de seu cachorro.  Os dois travam uma discussão onde se evidenciamdiferentes universos de vida, pontuador com músicas e poesias.

Bertold Brecht reflete em suas obras os problemas fundamentais do mundo atual, a luta pela emancipaçãoocial da humanidade. Ele se caracterizou pelo teatro épico e didático, em cunho narrativo e descritivo cujo tema era apresentar os acontecimentos sociais em seu processo dialético: diverte e faz pensar.

Ficha Técnica:

Produção - TIBICUERA PRODUÇÕES

Encenação, concepção de luz, cenário e figurino - Everaldo Nascimento

Assistente de encenação e direção musical - Altamir Furlane

Sonoplastia e projeto gráfico - Luiz Furlane

Operação de luz e som - Hugo Sodré

Costureira - Maria Jusley (D. Nega)

Confecção de cenário - Fábio de Lima Santos

Fotografia - Tom Boechat

Elenco - Altamir Furlane e Everaldo Nascimento

O projeto tem o patrocínio da LEI CHICO PREGO - Prefeitura municipal de Serra e o apoio cultural da ArcelorMittal - Magnesita - Usina de Imagem e Prefeitura municipal de Vitória.

Estréia no dia 19 de fevereiro de 2011 (sábado), as 20h00, no Teatro do SESI, localizado na Rua Tupinambás, 240, Anexo ao Sesi de Jardim da Penha, Vitória – ES.

Um comentário:

Altamir Furlane disse...

Obrigado pela sua ajuda na divulgação da nossa peça em seu blog e em outras mídias e parabéns por sua persistência em propagar as artes cênicas capixaba! Sucesso sempre!
Abraço